Geral

Comunidades de Bocaina e Rodrigo Silva fazem protesto na BR-356, em Ouro Preto-MG

Geral 21/11/2020/ 16:40:46
Comunidades de Bocaina e Rodrigo Silva fazem protesto na BR-356, em Ouro Preto-MG Foto / Créditos: Jornal O Liberal

Publicado por Rádio Sideral com informações do Jornal O Liberal  

Na manhã deste sábado (21), as comunidades de Rodrigo Silva e Bocaina se manifestaram contra a falta de ponto de ônibus adequado para os moradores dos locais.

O trecho da Rodovia dos Inconfidentes na altura do Quilometro 53 da BR-356 (Rodovia dos Inconfidentes) dá acesso à comunidade de Bocaina e ao distrito Rodrigo Silva, em Ouro Preto-MG. O local já aconteceram diversos acidentes graves ao longo das últimas décadas. Após diversas petições e protestos por parte dessas comunidades, o responsável pela administração e manutenção da estrada, DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) finalmente instalou a lombada eletrônica no trecho, trazendo mais segurança para a comunidade local. Entretanto, nem todos os problemas foram resolvidos: ainda hoje, não há parada adequada para ônibus no local, e os moradores ainda convivem com a insegurança e indignidade causadas por isso. Há apenas um precário banco de madeira no canto da estrada, em área escavada na terra, e a travessia da rodovia, mesmo com a lombada eletrônica, é arriscada pela falta de visão muitas vezes causada pelos próprios veículos de transporte quando realizam a parada. Em dias de chuva, não há nenhuma guarida, para a proteção dos usuários do transporte público.

Veja o vídeo publicado nas redes sociais:


Presentes ao protesto das comunidades, os vereadores eleitos Vantuir (PSDB) Naércio Ferreira (Republicanos) Kuruzu (PT) e Luiz do Morro (PL) se posicionaram. Vantuir (PSDB) disse que mesmo sendo de responsabilidade do DNIT o trecho, “o poder público municipal não pode se ausentar”. Já para Kuruzu (PT), “a comunidade acordou, e agora a solução vem”. Naércio Ferreira (Republicanos) declarou que apenas com a “união da Câmara e prefeitura será possível resolver o problema” e Luiz do Morro sugeriu mudanças na pista: “tem jeito, tem como jogar a pista pro outro lado, e tenho certeza que o legislativo e executivo vão trabalhar para encontrar uma solução”.  

Outras Notícias