Entretenimento

Culinária mineira: conheça a história, origem e sabores!

Entretenimento 16/02/2017/ 11:39:07
Culinária mineira: conheça a história, origem e sabores!

Escrito por Elias Guimarães Borges

O estado de Minas Gerais é conhecido por ser a casa da boa mesa. Os pratos típicos são carregados de muita tradição e o lugar mais importante da casa de um mineiro é, via de regra, a cozinha. A história da culinária mineira vem de longe, e hoje vamos falar um pouquinho sobre isso. 

Como aconteceu em boa parte do Brasil, os costumes gastronômicos de Minas tiveram suas raízes na fusão de culturas que povoaram o estado, principalmente durante os períodos de mineração de ouro e diamante. No caso da culinária mineira, o resultado não foi nada menos do que delicioso. Continue a leitura e conheça um pouco mais dessa história!

A história da culinária mineira

A formação histórica de um lugar diz muito sobre a gastronomia local, e isso não seria diferente em Minas Gerais. No estado, o estilo da culinária que conhecemos hoje se consolidou há mais de 300 anos, na época do ciclo do ouro. 

O modo de vida da época influenciou o modo de preparo de boa parte das receitas. Muitos homens exploravam as terras em busca de novas riquezas, enquanto outros eram responsáveis por transportá-las ao Rio de Janeiro, em longas viagens. 

Por isso, os pratos precisavam ser substanciosos, para dar bastante energia aos viajantes, como o típico feijão-tropeiro. Além disso, a agricultura local ainda era bem primitiva, de modo que não havia uma grande variedade de ingredientes.

Desse modo, era preciso improvisar com vegetais locais, como a taioba. Essa folha deliciosa é usada há séculos em diversas receitas mineiras mas, ainda hoje, é considerada uma PANC (planta alimentícia não convencional) no resto do país!

Origem miscigenada

A busca pelo ouro atraiu pessoas de diversas origens para Minas Gerais. Os bandeirantes paulistas, os tropeiros gaúchos, os trabalhadores braçais do norte e do nordeste e os representantes cariocas da coroa. A possibilidade de riqueza também levou parte da nobreza e os senhores portugueses para o estado e, com eles, muitos escravos trazidos de vários países

Essa miscigenação pode ser vista como a base da história da culinária mineira. Em Minas Gerais, as receitas trazidas de todos esses lugares sofreram adaptações de acordo com as limitações e os ingredientes disponíveis.

Ainda hoje, essas receitas são passadas dentro das famílias, mantendo vivo o maior segredo da culinária mineira: o afeto e a tradição. 

Sabor de afeto e tradição

Quem visitar Minas Gerais deve estar preparado para comer muita comida gostosa, principalmente porque os pratos são feitos com muito carinho. No interior, como em Pocinhos do Rio Verde, é comum que a maioria dos ingredientes venha dos próprios quintais ou de fornecedores locais. 

As receitas, passadas de geração para geração, são carregadas de história e de afeto. Não é para menos que, em Minas, você sempre vai encontrar uma boa prosa em torno da mesa, acompanhada de pratos deliciosos e, para finalizar um bom café com broa!

Alguns pratos deliciosos

São muitas as delícias da culinária mineira. Muito além do pão de queijo, algumas receitas típicas mostram porque Minas Gerais é o estado mais gostoso do país! O frango com quiabo, o tutu de feijão e a couve refogada com alho são alguns dos exemplares que não podem faltar à mesa.  Também não podemos nos esquecer das sobremesas, como o famoso doce de leite caseiro, as compotas de frutas e os bolos de milho e de fubá!

É impossível falar da história da culinária mineira sem ficar com água na boca! Já deu vontade de correr para a cozinha? Aproveite para compartilhar conosco quais são os seus pratos preferidos de Minas Gerais: é só escrever aqui nos comentários! Tem algum segredinho para deixar as receitas ainda mais gostosas? Conte-nos também, estamos esperando!

Fonte: blog.grandhotelpocinhos

Outras Notícias